Projetos Financeiros

Aqui você encontra diversas possibilidades de crédito.

Sem categoria

Contra inflação, Reino Unido vai facilitar regras de importação de carnes do Brasil

O Reino Unido é um importante destino das carnes do Brasil. As exportações brasileiras de carnes de aves somaram US$ 282,2 milhões no ano passado e as de carnes bovinas US$ 134,5 milhões.

Sem trégua da inflação de alimentos — que se mantém no nível mais elevado desde 1977 — o Reino Unido resolveu facilitar as regras de importação de carnes do Brasil. E essa não terá sido a única razão para o anúncio da medida, que vinha sendo negociada desde outubro passado. Mas terá certamente precipitado a decisão, segundo interlocutores do governo brasileiro. Em maio deste ano, as carnes bovinas e aves frescas ou cozidas aumentaram em média 15%, em comparação com o ano anterior, de acordo com dados do ONS, o instituto equivalente ao IBGE no país. Mas há casos de reajuste de quase 100% no período.

A avaliação é que o temor em relação à disparada do custo de vida e a resistência da inflação, sobretudo entre os alimentos, foram o empurrão necessário para agilizar o movimento britânico.

Isso acabou com os chamados controles reforçados às exportações brasileiras de carnes e derivados e retomaram por completo o sistema de habilitação de estabelecimentos por indicação das autoridades sanitárias brasileiras.

A decisão foi tomada com base no relatório da auditoria técnica sobre o sistema brasileiro de inspeção de produtos de origem animal realizada por equipes britânicas em outubro de 2022.

Foi a primeira missão de auditoria britânica ao exterior depois do Brexit, que aconteceu em janeiro de 2020. Os britânicos consideram que o Brasil resolveu os problemas de seu sistema regulatório sanitário e fitossanitário que haviam levado as autoridades daquele país a criar os controles reforçados.

Outra novidade que deve estimular as exportações brasileiras é que o Reino Unido também anunciou que eventuais restrições sanitárias para carnes de aves em função de casos de gripe aviária se darão em nível regional.

Ou seja, focos da doença que venham a ocorrer no Brasil levarão ao fechamento do mercado britânico apenas para as exportações de carne de aves dos estados afetados e não mais para todo o país, como acontecia antes. Essa é uma vitória do governo brasileiro, que vinha negociando com os britânicos desde o Brexit.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *