Projetos Financeiros

Aqui você encontra diversas possibilidades de crédito.

BeneficiosBolsa de ValoresContasDicasDICAS DE INVESTIMENTOEconomiaEducação FinanceiraInternacionalInvestimentosMercado de ações

As ações mais recomendadas pelos analistas para comprar em novembro; VALE3 sai do topo da lista pela 1ª vez em 2022

O Ibovespa alcançou em outubro o quarto mês consecutivo de altas. O índice subiu 5,5%, para 116.037 pontos, mesmo com a forte volatilidade vista no último pregão do mês – que coincidiu com o day after da eleição presidencial mais disputada da história do País, elegendo Luiz Inácio Lula da Silva (PT) pela terceira vez.

No ano, o desempenho acumulado da Bolsa dobrou, para 10,7%, e as atenções dos especialistas se dividem agora entre os balanços do quarto trimestre e as sinalizações sobre os rumos do próximo governo – sem contar as movimentações dos investidores estrangeiros, que podem fazer a diferença.

Como esperado, o governo manteve em outubro a taxa básica de juros (Selic) em 13,75% ao ano.

Em meio à turbulência das últimas semanas nos mercados de commodities, as carteiras de ações recomendadas para novembro trouxeram mudanças importantes: VALE3 perdeu uma indicação e caiu para segundo lugar no ranking geral, abrindo espaço para que Itaú Unibanco (ITUB4) assumisse a liderança isolada.

Com sete apontamentos, é a primeira vez no ano que a mineradora perde o primeiro lugar no pódio, segundo monitoramento periódico feito pelo InfoMoney. Já o Itaú vinha empatando com Vale em primeiro lugar nos dois últimos meses e, agora, figura sozinha como a ação mais citada pelos analistas – tendo se mantido em oito portfólios recomendados. O terceiro lugar no acompanhamento permanece com o Assaí (ASAI3), presente em seis carteiras, uma a mais em relação a outubro.

A quarta posição, no entanto, revela outra novidade do mês: o ingresso de Prio (PRIO3), após a estreia nas seleções feitas por duas corretoras e um total de cinco indicações.

O bloco seguinte traz três empresas empatadas com quatro recomendações, mas também aponta uma nova integrante, a Totvs, retornando à lista de destaques.

O saldo das revisões mostra ainda que Ambev (ABEV3), Eletrobras (ELET6) e Petrobras (PETR4) deixaram de fazer parte do rol das mais lembradas, em relação ao mês passado.

Em meio à divulgação dos balanços trimestrais, a BB Investimentos diz ter um novo preço-alvo para o Ibovespa em 12 meses: 143 mil pontos. No relatório de outubro, a instituição informou estimativa de 132 mil pontos para dezembro deste ano.

“Com base nos números divulgados até agora e nas projeções mais recentes, nossa avaliação é a de que os resultados das companhias serão predominantemente positivos, o que nos deixa em uma posição mais confortável para incorporar a recente melhora de expectativas sobre os indicadores macroeconômicos no Brasil.”

Na avalição da corretora, o cenário externo pode pesar negativamente e empresas mais expostas ao quadro internacional devem diminuir sua dinâmica de resultados extraordinários. “Em contrapartida, o término das eleições reduz a incerteza, o que pode privilegiar companhias mais expostas ao mercado interno no contexto da retomada econômica.”

Todos os meses, o InfoMoney analisa as carteiras recomendadas por dez corretoras, apontando as cinco companhias mais citadas pelos analistas. O número pode ser maior, caso haja empate – como ocorreu novamente neste mês. Veja a seguir as sete ações mais indicadas para novembro, a quantidade de recomendações e o desempenhos de cada papel em outubro, em 2022 e em 12 meses:

EmpresaTickerNº de recomendações Retorno em outubroRetorno em 2022 Retorno em 12 meses
Itaú UnibancoITUB488,41%47,89%34,72%
ValeVALE37-6,82%-5,95%2,39%
AssaíASAI3612,93%54,17%30,68%
PrioPRIO3528,55%71,21%50,79%
B3B3SA3415,25%39,76%32,39%
Lojas RennerLREN3410,95%28,90%8,08%
TotvsTOTS3412,98%16,20%2,06%
Ibovespa5,45%10,70%12,11%

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *