Projetos Financeiros

Aqui você encontra diversas possibilidades de crédito.

Bolsa de ValoresBrasilEconomiaMercado de ações

Bolsa fecha primeiro pregão de 2023 em queda de 3% após discurso de Lula

Mercado digere primeiros atos de terceiro mandato de Lula; petista classificou teto de gastos como “estupidez”

Ibovespa abriu 2023 em forte queda, com investidores digerindo os primeiros atos do presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT), empossado no fim de semana. O principal índice da B3 recuou 3%, em sua pior queda em dois meses.

dólar e os juros futuros subiram nesta segunda-feira, 2, como reflexo dos temores fiscais e sem a liquidez dos investidores estrangeiros, com extensão do feriado de Ano Novo nos Estados Unidos.

  • Ibovespa: – 3,06%, 106.376 pontos
  • Dólar comercial: + 1,51%, R$ 5,360

O mercado reagiu ao discurso de posse, em que Lula classificou o teto de gastos como uma “estupidez”, embora tenha reafirmado seu compromisso com a saúde das contas públicas.

“O mercado está muito preso às falas do presidente Lula. Ao criticar o teto de gastos e reformas, o mercado reage de forma negativa”, afirmou Leandro Petrokas, diretor de Research e sócio da Quantzed.

Além disso, o presidente decidiu prorrogar a isenção de impostos federais sobre os combustíveis, alternativa que vinha assombrando o mercado desde a última semana.

Pressão também sobre as ações das estatais. Em seu discurso de posse, Lula disse que as empresas sob controle da União foram “dilapidadas”.

“Dilapidaram as estatais e os bancos públicos; entregaram o patrimônio nacional. Os recursos do país foram rapinados para saciar a cupidez dos rentistas e de acionistas privados das empresas públicas”, afirmou o presidente em discurso no Congresso.

Em reação à fala, as ações da Petrobras caíram mais de 6%, enquanto os papéis do Banco do Brasil recuaram mais de 4%. “As sinalizações são de que o governo deverá intervir nas estatais, o que explicam as quedas da Petrobras e Banco do Brasil”, disse Piter Carvalho, economista da Valor Investimentos.

  • Petrobras (PETR3): – 6,67%
  • Petrobras (PETR4): – 6,45%
  • Banco do Brasil (BBAS3): – 4,23%

No caso da petroleira, a desvalorização também teve como pano de fundo a indicação do senador petista Jean Paul Prates para o comando da estatal. Nos planos de Prates, estão alterações na política de preços da companhia.

Maiores altas e quedas do Ibovespa

As perdas no Ibovespa foram generalizadas nesta segunda-feira. Das 89 ações que compõem o novo Ibovespa, 80 encerraram o dia negociadas em queda. Entre as maiores perdas estão as da São Martinho, Grupo Soma e Hapvida.

  • São Martinho (SMTO3): – 11,39%
  • Grupo Soma (SOMA3): – 8,78%
  • Hapvida (HAPV3): – 8,66%

Na ponta positiva, exportadoras e empresas ligadas ao minério de ferro ficaram entre as altas do pregão, mas a liderança ficou com a Méliuz. 

A fintech subiu 3,4% depois que o Banco Votorantim comprou aproximadamente 3,85% do capital social da companhia, pagando R$ 1,50 por ação. Além disso, o BV pretende comprar o Bankly, plataforma de bank as a service do Méliuz, por R$ 210 milhões.

  • Méliuz (CASH3): + 3,39%
  • Suzano (SUZB3): + 1,53%
  • CSN (CSNA3): + 1,17%

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *