Projetos Financeiros

Aqui você encontra diversas possibilidades de crédito.

Cartão de CréditoCartão de débitoConta DigitalDicas

Cartão de crédito, débito e pré-pago: Quais as diferenças?

Usar o cartão para pagar as contas e compras pode ser muito prático, não é mesmo? Principalmente no mundo atual, com os cartões digitais, os cartões por aproximação ou até os cartões que ficam salvos no celular, como Apple Pay, Samsung Pay ou Android Pay.

Talões de cheque, dinheiro em nota ou moedinhas são coisa do passado.

Mas com esse tanto de tipo de cartão, muita gente fica confusa em relação a quando usar cada um deles. Por isso, hoje vamos explicar as diferenças entre cartão de crédito, débito e cartão pré-pago

Como funciona o cartão de crédito? 

O cartão de crédito é um cartão que você usa agora, para pagar no mês (ou nos meses) seguinte. Com isso, ele te permite comprar a prazo, ou seja, se forma parcelada para quitar a compra com valores menores por mês. 

Veja as características do cartão de crédito: 

INCIDÊNCIA DE JUROS 

Para esse parcelamento, existem as compras com e sem juros. Caso incidam juros, a soma total das parcelas fica maior que o valor à vista. 

Além disso, se você não pagar a fatura do cartão em dia (seja parcelando a fatura ou deixando para depois), você pagará os juros rotativos

Este tipo de juros é como um empréstimo que o banco te dá enquanto não paga a fatura total. Porém, ele tem valores altíssimos, que tornam a fatura muito mais cara. 

ANÁLISE DE CRÉDITO E LIMITE DO CARTÃO 

Para utilizar o cartão, você também precisa passar por uma análise de crédito pela operadora do cartão ou o banco. As instituições vão analisar seu perfil, seu score de crédito, histórico de negativações e outras informações e definir, a partir disso, um limite. 

Esse limite de crédito é o valor liberado pelo banco para você gastar. Caso tente gastar acima desse limite, você “estoura o cartão” e ele não autoriza a sua compra. 

MILHAS E PROGRAMA DE PONTOS 

Os cartões de crédito também costumam acumular milhas para compras de passagens aéreas, hospedagens e outros serviços. Ou têm um programa de pontos para trocar por produtos. 

Como funciona o cartão de débito? 

Ao contrário do cartão de crédito, no débito você compra e paga na mesma hora. É um cartão que substitui o dinheiro em espécie, já que debita o valor da sua conta bancária imediatamente. Com isso, no débito não dá para pagar a prazo, apenas fazer compras à vista. 

Veja algumas características do cartão de débito: 

CHEQUE ESPECIAL 

No débito não há um limite predeterminado pelo banco, como acontece com o cartão de crédito. O limite para gastar será o saldo da sua conta bancária. 

Porém, caso você ultrapasse, é possível que a operação seja aceita e o dinheiro começa a sair do cheque especial. 

Esse é um serviço bancário que funciona como um empréstimo (assim como os juros rotativos), que permite que você gaste mais do que tem na conta. Isso, embora seja prático e possa ajudar em emergências, pode ser muito perigoso. 

Isso porque o cheque especial costuma ter juros muito altos e, se você já não tinha dinheiro em conta na hora, passará a ter menos ainda. A cada dia que passa utilizando o cheque especial, você paga uma taxa, que pode ser de até 8% ao mês ou 150% ao ano. 

Caro, não é? De fato, as taxas do cheque especial estão entre as mais altas do mercado. 

SEM PAGAMENTO DE FATURAS OU RECARGAS 

Outra diferença entre o cartão de débito e crédito é que no débito você não precisa pagar uma fatura todos os meses. O valor já é descontado automaticamente da conta. 

Além disso, você também não precisa recarregar, como acontece com o cartão pré-pago, que falaremos melhor a seguir. 

Como funciona o cartão pré-pago? 

Basicamente, o cartão pré-pago funciona como uma mistura entre o cartão de crédito e débito. Isso porque, para utilizá-lo, você precisa fazer uma recarga de crédito, mas, à medida que usa, ele vai descontando do seu saldo recarregado. 

É como se fosse um celular pré-pago. Quando você usa o limite, precisa colocar mais créditos para utilizar. 

CONTROLE FINANCEIRO 

A principal vantagem desse modelo é te ajudar a controlar seus gastos, já que você só pode comprar com o valor que tiver no cartão. 

FLEXIBILIDADE PARA GASTAR ONDE QUISER 

Além disso, ele dá mais liberdade que o débito, já que você pode usar não só nos estabelecimentos (passando na maquininha), mas também com compras online e para fazer assinaturas mensais, como em serviços de streaming, por exemplo. 

APROVAÇÃO DE CRÉDITO FACILITADA 

Para ter um cartão pré-pago, você também passa por uma avaliação de crédito, para que a instituição identifique seu perfil como bom ou mau pagador. Porém, nesse caso a aprovação é muito mais fácil. 

Isso porque o risco é mínimo, já que você só vai, de fato, poder gastar, se tiver crédito na conta. 

Qual cartão escolher? 

Atualmente, com as fintechs e contas digitais, é muito comum que os cartões funcionem como débito e crédito juntos ou até como pré-pago. 

Mas se você quer reduzir as opções para manter um maior controle financeiro, pode escolher apenas um. Veja algumas dicas para te ajudar a definir: 

  • Se você não é muito organizado financeiramente, fuja do cartão de crédito. Ele exige maior controle e pagamento da fatura em dia, caso contrário, você entra em dívidas e tudo pode se tornar uma bola de neve. O crédito dá uma sensação de ter um dinheiro que, na verdade, você ainda não tem. 
  • Mas se você tem controle, o crédito pode ser interessante por permitir o parcelamento e por te dar milhas e pontos. 
  • cartão pré-pago é o que mais te dá controle, já que você só pode gastar o dinheiro que colocar lá. Isso evita as tentações do cartão de crédito ou até de gastar todo o saldo da sua conta com o débito. 
  • Os cartões pré-pagos também já são aceitos na maioria dos estabelecimentos e nas lojas online, então você pode utilizá-los tranquilamente em qualquer lugar. Além de ter a opção de cartão virtual.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *