Projetos Financeiros

Aqui você encontra diversas possibilidades de crédito.

Sem categoria

Gasto de estrangeiros com viagens no Brasil fica em US$ 567 mi, maior volume da série para maio, diz BC

Segundo chefe do Departamento de Estatísticas do Banco Central, Fernando Rocha, normalidade da economia pós-pandemia tem aumentado as receitas de turistas estrangeiros no Brasil

O chefe do Departamento de Estatísticas do Banco Central, Fernando Rocha, disse nesta segunda-feira (26) que a normalidade da economia pós-pandemia tem aumentado as receitas de turistas estrangeiros no Brasil.

“O Ministério do Turismo tem destacado o forte aumento de turistas estrangeiros no Brasil, o que aumenta as receitas e reduz o déficit na conta de viagens. Tem havido um aumento também dos gastos de brasileiros no exterior, mas ainda em um volume aquém do nível pré-pandemia”, destacou.

A conta de viagens internacionais registrou déficit de US$ 634 milhões em maio. O valor reflete a diferença entre o que os brasileiros gastaram lá fora e o que os estrangeiros desembolsaram no Brasil no período. Em maio de 2022, o déficit nessa conta foi maior, de US$ 718 milhões.

O desempenho da conta de viagens internacionais no mês passado foi determinado por despesas de brasileiros no exterior, que somaram US$ 1,201 bilhão, a maior para o mês desde 2019.

Já o gasto dos estrangeiros em viagem ao Brasil ficou em US$ 567 milhões em maio – o maior volume da série histórica para o mês.

No acumulado do ano, o saldo líquido da conta de viagens ficou negativo em US$ 2,944 bilhões. No mesmo período do ano passado, o déficit nessa conta foi de US$ 2,784 bilhões.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *