Projetos Financeiros

Aqui você encontra diversas possibilidades de crédito.

Bolsa de Valores

Ibovespa opera em baixa puxado por Petrobras e bancos

Na última sexta-feira(4), o principal índice de ações da bolsa subiu 1,08%, a 118.155 pontos.

Por g1

Ibovespa — Foto: Freepik

O Ibovespa, principal índice da bolsa de valores de São Paulo, a B3, opera em baixa nesta segunda-feira (7), em um dia mais volátil no exterior. A expectativa por dados econômicos no Brasil, Estados Unidos, China e Europa, além da atenção às eleições de meio de mandato americanas e à transição dos governos de Bolsonaro para Lula estão no radar dos investidores.

Às 14h20, o índice registrava recuava 1,76%, aos 116.077 pontos.

Perto do mesmo horário, as ações da Petrobras caíam cerca de 1%. Também tinham queda os papeis dos grandes bancos, com BB recuando 3,44%, Itaú 2,24% e Bradesco 2,63%.

as ações da Vale e da Petrobras, duas das empresas com maior peso na composição do Ibovespa, caíam 0,33% e 1,66%, respectivamente, puxando o desempenho da bolsa para baixo. Essas empresas recuam acompanhando a desvalorização do petróleo e do minério de ferro nos mercados internacionais.

Na sexta-feira passada (4), a bolsa fechou em alta de 1,08%, a 118.155 pontos, mas o índice chegou a bater os 120 mil pontos na máxima do dia. Com o resultado, acumulou alta de 3,16% na última semana semana e de 1,83% no mês. No ano, o avanço é de 12,72%.

O que está mexendo com os mercados?

Embora a segunda-feira esteja com uma agenda mais vazia, a semana é marcada pela divulgação de indicadores econômicos importantes no Brasil e no mundo. Entre os indicadores que serão divulgados, os de maior impacto no mercado nacional e, consequentemente, no preço do dólar, são os dados de inflação aqui e nos EUA.

Segundo a edição desta semana do Boletim Focus, relatório em que o Banco Central do Brasil reúne as expectativas de especialistas do mercado para a economia do país, as projeções para o Índice de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) em 2022 voltaram a subir. As estimativas para a inflação oficial no final do ano passaram de 5,61% para 5,53%.

Já nos EUA, onde a inflação anual está nos maiores patamares em quatro décadas, as previsões para o Índice de Preços ao Consumidor (CPI, na sigla em inglês) de outubro é de uma alta de 0,6%, segundo estimativas consolidadas pelo Investing. Em setembro, o CPI avançou 0,4%, acima do esperado por especialistas.

Uma inflação maior nos EUA é um peso negativo contra os ativos de risco, como o mercado de ações e a moeda brasileira. Com os preços altos no país, o Federal Reserve (Fed, o banco central americano) continua sua trajetória de elevação das taxas de juros, hoje entre 3,75% e 4,00% ao ano, após uma alta de 0,75 ponto percentual na última reunião do comitê de política monetária estadunidense.

Antonio van Moorsel, sócio e diretor do Advisory da Acqua Vero Investimentos, explica que, quanto maiores são os juros nos EUA, maior é o rendimento dos títulos públicos americanos – que são considerados os mais seguros do mundo.

Assim, se as taxas sobem por lá, a tendência é que os investidores retirem suas reservas de ativos de risco, como o moeda brasileira, e coloquem nos títulos que oferecem menos risco por um retorno atrativo, favorecendo o dólar.

Também nos EUA, amanhã acontecem as eleições de meio de mandato, que renovam a Câmara dos Deputados do país e parte do Senado.

Na China, o governo reafirmou sua política de tolerância zero contra os casos de covid-19, “esfriando as especulações da semana passada sobre flexibilização das restrições”, afirmam analistas do BTG Pactual. Essa política de tolerância zero impacta o crescimento econômico do país, que é um dos principais demandantes por commodities e outros diversos tipos de produtos no mundo.

No Brasil, além das expectativas com os dados de inflação e outros indicadores econômicos, as atenções permanecem voltadas ao cenário político, em um momento em que a equipe do presidente eleito Luiz Inácio Lula da Silva negocia com o governo de Jair Bolsonaro para realizar a transição dos poderes.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *