Projetos Financeiros

Aqui você encontra diversas possibilidades de crédito.

Mercado de ações

O que é mercado de ações?

Investir no mercado de ações não é privilégio de poucos. Se você quer alcançar seus objetivos financeiros, principalmente em relação à rentabilidade, pode ampliar seu conhecimento para conhecer melhor o mundo da renda variável.

Mesmo para iniciantes, o mercado de ações possui oportunidades que podem ser interessantes. Mas é preciso que esse tipo de investimento atenda ao seu perfil de investidor e aos seus objetivos financeiros, como acontece com qualquer aporte.

Neste conteúdo, você entenderá como funciona o mercado de ações, quais são as vantagens, riscos, custos envolvidos e possibilidades fazer seu dinheiro render. Então siga a leitura e saiba mais!

O que é mercado de ações?

O mercado de ações é o ambiente em que empresas de capital aberto negociam frações de seu capital social. Em geral, as operações de compra e venda acontecem em uma bolsa de valores, mas também podem ocorrer em mercados de balcão.

Você já deve ter visto no noticiário como o mercado financeiro e o mercado de capitais se movimentam. Mudanças políticas, econômicas e em grandes empresas — sejam no Brasil ou em outros países com influência global — provocam reações na bolsa de valores.

Existem muitos altos e baixos. Por isso, as ações são conhecidas como investimentos de maior risco. Contudo, com conhecimento e estratégia na prática, é possível buscar potencial de rentabilidade mantendo o risco manejado.

Assim, são muitos os mitos e ideias equivocadas sobre o mercado de ações que ainda estão na mente do público em geral. Mas, ao entender sobre o seu funcionamento, fica mais fácil dar o destino certo ao seu dinheiro.

Confira!

A bolsa de valores

O mercado de ações está intimamente ligado à bolsa de valores. Como você viu, é nesse ambiente que se negociam os papéis das principais empresas listadas. Então é fundamental que você entenda o que ela é.

No Brasil, a bolsa de valores tem o nome de B3. Ela serve como uma plataforma de negociação de ativos entre empresas e investidores. Aqui, é importante saber que ela apresenta tanto o mercado primário quanto o secundário.

O mercado primário diz respeito à venda de ativos diretamente do emissor aos investidores. Ou seja, quando a empresa faz uma oferta pública inicial (IPO), ela vende suas ações aos interessados. Logo, o capital arrecadado com essa negociação entra nos recursos da companhia.

Já no mercado secundário não há participação do emissor de papéis. As negociações são realizadas entre os próprios investidores. É o que acontece com aqueles que adquirem seus papéis fora do IPO ou de outra oferta da empresa. Eles são negociados de um investidor para outro.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *