Projetos Financeiros

Aqui você encontra diversas possibilidades de crédito.

Brasil

‘Prejudica a economia do Brasil e nosso agro’, diz senadora Tereza Cristina sobre bloqueios de rodovias por bolsonaristas

Tereza Cristina foi ministra no governo Jair Bolsonaro. Em Mato Grosso do Sul, mais de 20 trechos de rodovias estaduais e federais foram bloqueados.

Por José Câmara, g1 MS

Tereza Cristina foi eleita senadora por Mato Grosso do Sul. — Foto: Valter Campanato / Agência Brasil

A senadora eleita por Mato Grosso do Sul neste ano, Tereza Cristina (PP), afirmou que os bloqueios em rodovias feitos por bolsonaristas podem prejudicar a economia do Brasil e, principalmente, o setor do agronegócio.

Nas redes sociais, a ex-ministra da Agricultura do presidente Jair Bolsonaro (PL) escreveu: “Respeito o direito de manifestação de todos. No entanto, a interdição de rodovias prejudica a economia do Brasil e, principalmente, nosso agro! Há várias maneiras de mostrar apoio ao nosso presidente Jair Bolsonaro”.

A senadora se posicionou nas redes sociais. — Foto: Redes Sociais/Reprodução

Em Mato Grosso do Sul, manifestações de apoiadores do presidente Jair Bolsonaro (PL) bloqueiam rodovias federais e estaduais pelo terceiro dia, em protesto contra o resultado das urnas no segundo turno das eleições presidenciais, realizado no domingo (30). Ao menos 20 trechos foram fechados no estado.

O Batalhão de Choque da Polícia Rodoviária Federal (PRF) utilizou bala de borracha e bombas de efeito moral para desmobilizar um protesto na BR-163, na saída para Cuiabá, em Campo Grande, na manhã desta terça-feira (1º). Os manifestantes são contra o resultado das urnas na votação de domingo (30) para a Presidência da República. Veja o vídeo abaixo.

A Justiça Federal de Mato Grosso do Sul concedeu liminar determinado a liberação das rodovias, com multa diária de R$ 10 mil por pessoa física e de R$ 100 mil por pessoa jurídica que apoie os movimentos.

A Secretária de Estado de Justiça e Segurança Pública de Mato Grosso do Sul (Sejusp) informou nesta terça-feira (1º), que mesmo com a autorização do ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Alexandre de Moraes, para que a Polícia Militar também autue para promover a liberação das rodovias federais bloqueadas por manifestações, que atua da corporação estadual vai se restringir as estradas estaduais.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *